A Copa do Mundo 2018 terá 11 sedes, com 12 estádios diferentes. Além das novas instalações para o evento, estas cidades abrigam outros atributos incríveis que merecem ser visitados. Conheça um pouco mais sobre elas.

Entre os dias 14 de junho e 15 de julho a Rússia sediará, pela primeira vez, a Copa do Mundo de 2018. A competição contará com a participação de 32 seleções nacionais. Ao todo, serão realizadas 64 partidas. Será a 21ª edição do evento que é o mais importante torneio internacional de futebol masculino. Os jogos acontecerão em doze estádios de 11 cidades: Moscou, Samara, Kaliningrado, Kazan, Nijni Novgorod, Rostov-na-Don, São Petersburgo, Saransk, Sochi, Volgogrado e Ekaterimburgo.

Até o início do campeonato todas as instalações estarão prontas para receber milhares de turistas de todos os continentes. Além desses pontos turísticos, todas as cidades possuem características encantadoras. Confira algumas informações e curiosidades sobre cada local:

  1. Moscou

A capital russa é encantadora. Sua arquitetura é mista com muitos prédios sofisticados e outros antigos. A cidade possui estações de metrô extraordinárias, restaurantes com a cozinha de todos os cantos da Rússia, belíssimas igrejas ortodoxas e museus sensacionais. Os pontos turísticos mais conhecidos são a Praça Vermelha (popular pelos desfiles militares nos tempos de União Soviética), a Catedral de São Basílio, as casas dos grandes escritores russos, o Museu de História, a Galeria Tretyakov e o centro de compras GUM.

  1. Samara

Samara é o principal centro da indústria aeroespacial russa. Ela tem como principais pontos turísticos um dos bunkers secretos de Josef Stalin, o monumento à nave espacial Soyuz 1, o Museu Cósmico de Samara, a Universidade Aeroespacial e o parque natural de Jigulevskie.

  1. Kaliningrado

Situada entre a Polônia e a Lituânia, a cidade abriga o istmo da Curlândiam, que tem um ecossistema preservado e é considerado Patrimônio Mundial pela Unesco. O visitante poderá visitar o Submarine Museum, um submarino flutuante de verdade.

  1. Kazan

Kazan tem grande importância cultural, turística e econômica, além de ser sede de escritórios do governo. É a região com maior concentração de muçulmanos na Rússia. O seu Kremlin é reconhecido como Patrimônio Mundial da Unesco e tornou-se a principal atração para turistas. Outros atrativos são a Catedral da Anunciação, a galeria de arte Hermitage Kazan e a mesquita Kul Sharif.

  1. Nijni Novgorod

Uma ótima opção para um bate-volta a partir da capital Moscou (420 quilômetros). Os atrativos mais visitados são o Kremlin, fortaleza que começou a ser construída em 1374 e atualmente é o principal cartão-postal da cidade, e a região de Strelka onde há com um deque de observação para o encontro entre os rios Volga e Oka.

  1. Rostov-na-Don

A cidade foi fundada em 1749 e é uma das mais modernas e desenvolvidas da Rússia. Ela é banhada pelo Rio Don, onde fica um dos principais portos russos. Os mais famosos pontos turísticos são: a Rua Pushkin (homenagem ao poeta Alexander Pushkin), o Parque da Revolução, a Catedral Santíssima Virgem Maria e o Museu Regional Belas Artes.

No próximo post você conhecerá um pouco mais sobre as outras 5 cidades-sedes.