Descubra um pouco mais sobre as outras 5 cidades-sedes da Copa do Mundo 2018.

  7. São Petersburgo

É considerada uma das cidades mais importantes da Rússia. A principal atração é o museu Hermitage, famoso por seu acervo de peças históricas. O principal prédio do museu é o Palácio de Inverno, construído no século XVIII, que serviu de residência para czares russos e como marco da Revolução Russa de 1917. Uma ótima opção de passeio é o de barco pelo rio Neva.

  8. Saransk

Saransk é a menor cidade-sede. Os turistas terão a chance de acompanhar os jogos ao vivo pelos telões da FanFest na Praça. As principais atrações da cidade são a catedral ortodoxa em homenagem a Fyodor Ushakov e o centro cultural Kinoteatr Rossiya.

  9. Sochi

Cidade litorânea com clima subtropical, que sediou as Olimpíadas de Inverno de 2014. Os viajantes que querem ter contato com a natureza podem desfrutar das praias, áreas verdes e montanhas da região. Algumas dicas são curtir as praias do Mar Negro, esquiar nos picos nevados da estação Krasnaya Polyana e andar de kart nas proximidades do Parque Olímpico.

  10. Volgogrado

É considerada um dos pontos mais importantes da Segunda Guerra Mundial, onde a expansão nazista teria sido interrompida. O ponto turístico principal é o Memorial do Monte Mamaev, construído em homenagem aos soldados que morreram na batalha de Stalingrado (antigo nome da cidade).

  11. Ekaterimburgo

Uma cidade mineradora que é a quarta maior cidade da Rússia. Ela é muito visitada por turistas que querem conhecer os Montes Urais, fronteira natural entre Europa e Ásia. Suas atrações famosas são a Igreja da Catedral do Sangue Derramado (construída no local onde a família Romanov foi assassinada), o museu Geomineral com uma coleção exclusiva de rochas e minerais, o monastério Ganina Yama e o segundo maior edifício fora de Moscou, o Vysotsky.