As empresas aéreas low cost são a escolha ideal para quem quer viajar de maneira econômica. Essas companhias oferecem tarifas bem mais baixas e um serviço simplificado, sem distinção de classes. Isso é possível com a eliminação de custos originados de serviços tradicionais que outras companhias oferecem para os passageiros.

Porém, apesar da economia financeira, deve-se atentar ao fato de que as low cost limitam os serviços prestados para minimizar seus custos operacionais e manter o baixo preço. Podemos dizer que elas oferecem somente o mínimo necessário para uma viagem aérea. Assim, o viajante precisa ficar atento para que o barato não saia caro, pois em alguma distração ele pode desembolsar mais dinheiro do que o planejado para obter serviços extras, que são oferecidos por outras empresas.

Para evitar gastos imprevistos, esteja ciente de alguns serviços que são cobrados a parte pelas low cost:

  • SMS informativo
  • Seguro
  • Despacho de malas
  • Escolha de assentos
  • Poltronas mais espaçosas
  • Serviço de bordo

Uma das mais importantes restrições é a restrição de bagagem, que visa reduzir a carga total do voo e, consequentemente, os custos com combustível. Com essa restrição, o viajante não irá pagar taxas se levar mochila ou bagagem de mão, e será cobrado por qualquer outra bagagem extra (apenas o casaco pode ser levado além da mala de mão). Pode ser difícil encontrar uma mala que se enquadre nas exigências de bagagem, principalmente porque as dimensões variam conforme as companhias e destinos desejados.

Para gastar exatamente o planejado, veja informações da eDreams sobre tamanhos e pesos de bagagem permitidos pelas principais companhias do tipo: http://www.edreams.pt/blog/medidas-e-peso-de-bagagem-por-companhia-aerea/.
Você pode entrar em contato com a empresa para saber sobre o que é permitido e não ser pego de surpresa!

Existem algumas dicas para quem quer viajar por uma low cost:

  • Comprar com antecedência
    Geralmente, as passagens ficam à venda com cerca de um ano de antecedência. Então, fazendo uma busca antecipada você poderá achar preços bem baixos, mesmo que a data da viagem seja em alta temporada. Vale a pena monitorar os sites ou se cadastrar nos boletins informativos para não perder as promoções periódicas.
  • Cuidado com vendas de produtos
    No momento da compra online, as empresas costumam oferecer itens de parceiros, como hospedagem em hotéis, aluguel de carro e a mala de mão com as dimensões corretas para voar com aquela empresa. Fique atento para não esquecer de desmarcar os itens, ou clicar sem querer.
  • Escolha bem os aeroportos da viagem
    Para baratear o voo, essas companhias não usam os principais aeroportos de uma cidade. Some ao total da passagem o valor de deslocamento para o local e confira se ainda valerá a pena.
  • Faça o check-in online
    Não deixe para fazer o check-in no aeroporto, algumas companhias cobram pelo serviço. Realize o mesmo na internet e imprima seu cartão de embarque antes de ir ao aeroporto.
  • Atenção na hora do embarque
    Como os assentos não são marcados, e pode terminar o espaço no bagageiro em algum momento, as filas costumam ser grandes e começam a se formar cedo. Além disso, alguns viajantes dizem que as low cost têm a fama de alterar o portão de embarque frequentemente.

As companhias aéreas low cost tendem a ser eficientes, sem atrasos, com embarque e desembarque rápidos, além de muito econômicas. Fique de olho nas dicas dadas e você poderá viajar tranquilamente!