Conheça mais sobre a tecnologia, que é bem comum nos voos internacionais, e quais companhias são as primeiras a oferecer o serviço nos voos domésticos no Brasil.

Muitos viajantes lamentam não poder viajar conectados, seja por causa do trabalho, ou por uso pessoal. Para ter um diferencial e fidelizar os passageiros, algumas companhias aéreas estão investindo em meios de entretenimento. A Gol e a Avianca saíram na frente e começaram a oferecer o serviço de Wi-fi aos seus passageiros. A tecnologia está sendo instalada gradativamente nas aeronaves. Os aviões são equipados com um sistema de antenas com tecnologia de última geração para comunicação via satélite, permitindo o acesso à internet “gate-to-gate” (disponibilização de internet desde o portão de embarque até o destino). Além disso, o cliente tem acesso a um vasto catálogo de entretenimento, como filmes, séries e desenhos.

A Avianca Brasil iniciou o serviço de Wi-fi no final do ano passado, fornecido em parceria com a Global Eagle Entertainment (GEE). Entretanto, somente algumas aeronaves estão equipadas com a tecnologia. O planejamento da empresa é que até o final de 2017 todas as suas aeronaves estejam equipadas. Os passageiros saberão da disponibilidade da internet através do anúncio da tripulação, e no bolsão da aeronave haverá um cartão de instruções.

A Gol contou com o apoio da americana Gogo, empresa especializada em soluções de banda larga, para a instalação. Em maio deste ano, 31 aeronaves, das 115 em operação, já estavam equipadas com o sistema de acesso à internet, a plataforma “Gol Online”. Até o fim de 2018, a empresa pretende equipar toda a frota com o sistema. O cliente, segundo a empresa, será informado via e-mail e quando embarcar sobre a disponibilidade, se a aeronave contar com o serviço. São oferecidos diferentes pacotes conforme o tipo de serviço e duração do voo, com valores a partir de R$8 por hora de navegação. O viajante pode contratar pacotes apenas para mensagens (para aplicativos como Whatsapp, Facebook Messenger, Skype etc), para navegação em sites, redes sociais e acesso ao e-mail, e também pacotes para aplicativos de streaming (como Spotify, Netflix, Crunchyroll, Viki etc). O Wi-fi é disponível para computadores portáteis, tablets e smartphones habilitados para essa conexão.

Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), cada companhia aérea deve solicitar aprovação para o serviço. E para a felicidade dos viajantes, a TAM já manifestou interesse em aderir à tecnologia.

E você, já teve a oportunidade de utilizar o Wi-fi a bordo? Conte para nós a sua experiência. Ou se não experimentou ainda, o que achou da possibilidade de voar online?